Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Concentrado de tomate caseiro

por Paula, em 10.04.14

Concentrado de tomate caseiro

 

Quando a época do tomate está em alta, é hora de colocar as mãos a trabalhar para o aproveitar ao máximo. De entre os vários tipos de conservas, das quais se destacam os doces, esta é uma alternativa salgada que faz todo o sentido fazer. Um pouco de trabalho que rende muito. O Inverno será bem melhor se o tivermos na dispensa.

 

A receita e a confecção deste preparado, feito no Verão passado, são, mais uma vez, da minha mãe.

 

Concentrado de tomate caseiro

 

INGREDIENTES

Tomate q.b. (de preferência coração-de-boi)

Alho q.b.

Óleo q.b.

Louro

Ervas a gosto (manjericão, tomilho, etc.)

Sal q.b.

 

PREPARAÇÃO

Começar por escaldar o tomate. Retirar a pele e as sementes. De seguida, colocar num escorredor e deixar perder maior parte dos sucos. Depois, espremer bem o tomate.

 

É então altura de temperar com alho, louro, e ervas a gosto. Colocar em frascos esterilizados, pressionar e finalizar com óleo e uma boa camada de sal. Tampar bem e levar a ferver em água durante vinte minutos.

 

Deixar arrefecer com a tampa virada para baixo em cima de um pano de algodão para que ganhe vácuo e assim conserve melhor o preparado.

  

Malmequer primaverilConcentrado de tomate caseiro

 

Este concentrado é óptimo para utilizar em refogados, em marinadas, em assados, etc. Aconselha-se moderação no uso do sal quando se aplicar este preparado, pois por si já contem bastante.

 

Bom apetite!

Bon appétit!

Jo étvágyat!

Que bos faga bun porbeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pasta de pimento caseira

por Paula, em 09.04.14

Pasta de pimento caseira

 

Quando a Primavera nos sorri, sabemos que em breve o Verão chega e, com ele, a produção das nossas hortas aumenta. É o tempo do tomate, da courgette, do pimento, do feijão – enfim, um rol de bons produtos.

 

A quantidade que nos chega, quando o ano agrícola é bom, é por vezes superior à que se consegue consumir em tempo útil. Por isso, encontrar formas de conservar estes alimentos para que perdurem para além da estação e para que possam aplicar-se de diferentes formas na cozinha, é algo que as nossas avós bem sabiam fazer.

 

A minha sugestão de hoje é uma pasta simples e versátil, feita com pimentos vermelhos, que a minha mãe faz todos os anos e que depois distribui pela família.

 

INGREDIENTES

Pimentos vermelhos q.b.

Alho a gosto

Orégãos (facultativo)

Louro

Óleo q.b.

Sal q.b.

 

PREPARAÇÃO

Lavar e escaldar os pimentos. Tirar a pele e as sementes. Cortar em pequenos quadrados e deixar escorrer. Depois, triturar com a ajuda de uma varinha mágica. De seguida, temperar com alho, orégãos e louro.

 

Por fim, colocar o preparado em frascos esterilizados*, juntando então o óleo e cobrindo bem com sal. Tampar bem e levar os frascos a ferver em água numa panela durante 20 minutos.

 

Guardar em local seco e fresco. Depois de abertos devem conservar-se no frigorífico.

 

Esta pasta colorida pode aplicar-se depois em carnes, massas, peixe e preparados de forno.

 

 

*Nota: Para esterilizar os frascos, costumo lavá-los previamente na máquina de lavar louça. Depois, quando os vou utilizar, coloco-os numa panela com água a ferver e deixo-os cerca de 20 minutos, retirando-os de seguida com uma pinça com pontas de borracha para que não estalem com a diferença de temperatura. Disponho-os então, de gargalo virado para baixo, em cima de um pano de algodão bem limpo, onde acabam por secar. Poder-se-á ainda, depois destes passos, levá-los ao forno durante poucos minutos para que sequem bem, mas é facultativo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D