Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Bolo de maçã

por Paula, em 17.05.15

IMG_9891.JPG

As maçãs são um fruto versátil. Tanto se comem cruas, como cozinhadas no forno ou mesmo cozidas. Num registo de pratos salgados, com elas se faz um bom puré e um excelente chutney, ambos para acompanhar carnes. Mas servem também para fazer bolos que sabem a conforto caseiro.

 

Ontem, para um lanche mais docinho, preparei este bolo que agradou a todos. Para o efeito, utilizei maçãs Granny Smith, que foram descobertas em 1868 e  que se caracterizam por serem estaladiças e muito ácidas.

IMG_9896.JPG

 INGREDIENTES

4 ovos

3 maçãs Granny Smith

1 chávena de óleo

1 c. de chá de essência de baunilha

2 chávenas de farinha

1 c. de chá de fermento

1 chávena de açúcar + 3 c. de sopa para cobrir o bolo

1 pitada de sal fino

 

PREPARAÇÃO

 

Pré-aquecer o forno a 180.º C.

 

Descascar uma maçã e mais metade de outra, cortar em pedaços e colocar numa liquidificadora. Juntar os ovos, o óleo e a essência de baunilha e bater tudo até obter um creme leve e esbranquiçado.

 

Numa taça, colocar a farinha, o fermento, o açúcar e o sal. Abrir um buraco no centro e deitar o preparado liquido. Envolver bem com um fouet até a massa fazer efeito de folhas de livro quando cai da colher.

 

De seguida, untar uma forma com manteiga e forrar o fundo amovível com papel papel vegetal e deitar o preparado na forma.

 

Descascar as restantes maçãs e cortá-las em gomos finos. Cobrir o bolo com as maçãs e finalizar com o açúcar para que fique com um aspecto caramelizado e uma textura crocante.

 

Levar ao forno durante cerca de 30 a 40 minutos.

 

 

Bom apetite!

Que bos faga bun purbeito!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

IMG_8296.JPG

Os dias correm frios, não deixando o Inverno a sua identidade por mãos alheias. Solta-se o vento norte, varrendo as ruas na sua viagem nocturna, acompanhado da fria geada. Um par tão infalível quanto a estação que os acolhe!

 

Nesta cordilheira de dias frios, ressoa o clamor pela lareira e pelos pratos quentes, divididos entre família e amigos. Nada mais se deseja do que o simples e caloroso convívio em torno da mesa, com aqueles de quem gostamos.

IMG_2939.jpg

INGREDIENTES:

2 embalagens de massa quebrada

1 kg de maçãs

1 limão

1 morcela

1 cebola, picada

3 c. de sopa de azeite

Óleo q.b.

250 ml de vinho do Porto branco

3 c. de sopa de mel (rosmaninho)

2 cravinhos

2 c. de sopa de manteiga

Canela moída q.b.

Noz-moscada (ralada na hora) q.b.

 

PREPARAÇÃO:

Ligar o forno a 180.º .

 

Untar um tabuleiro de formas para empadas (ou formas individuais) com um pouco de óleo (com a ajuda de papel de cozinha, para não deixar óleo a mais).

 

Cortar metade da quantidade de maçãs em pequenos cubos e regar com sumo de limão para não oxidar. De seguida, colocar o azeite numa caçarola, juntar a cebola e deixar refogar cerca de 10 minutos. Se necessário ir adicionando colheres de sopa de água para não deixar queimar.

 

Entretanto, retirar a tripa da morcela e, com ajuda de um garfo, desfazê-la. Reservar.

 

Adicionar as maçãs cortadas em cubos à cebola e deixar cozinhar cerca de 5 minutos.

 

É então altura de adicionar a morcela. Deixar cozinhar cerca de 3 minutos e envolver bem no preparado. Reservar.

 

Cortar a massa com um cortador circular (uma chávena também serve) com duas medidas diferentes: uma para a base e outra para a tampa da empada. Dispor as bases no tabuleiro das formas e rechear com o preparado da morcela. De seguida, colocar a tampa e fechar, pressionando a massa (pode utilizar um ovo batido e pincelar, para ser mais fácil). Levar ao forno cerca de 15 a 20 minutos, até a massa ficar cozida.

 

Cortar as restantes maçãs em rodelas e regar com sumo de limão. Numa sertã, colocar a manteiga. Quando esta tiver derretido, adicionar as maçãs e polvilhar com canela e noz-moscada a gosto. Saltear durante dois a três minutos.

 

Finalmente, preparar a calda. Para o efeito, levar um tacho ao lume com o vinho do Porto, o mel e o cravinho. Deixar levantar fervura e engrossar ligeiramente. Deixar arrefecer um pouco antes de servir com as empadas, rodeadas das fatias de maçãs e regadas com esta maravilhosa calda.

IMG_2938.jpg

O sabor da maçã torna a o gosto da morcela mais leve. Quando regada com a calda, eleva-se então a outro patamar onde o paladar descobre sabores leves e simultaneamente ricos. É uma entrada que resulta muito bem e que cria alguma expectativa quanto ao resto dos elementos que comporão a eventual ementa.

IMG_2941.jpg

 

Bom apetite!

Que bos faga bun purbeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Sumo de beterraba e laranja

por Paula, em 08.06.13

 

- São os dias que sorriem, senhor! Veja como as flores agradecem! - dizia Paulina num tom tão meigo que fazia o mais descrente pensar que as flores se deixavam seduzir pela luz do sol radioso que teimava em desaparecer por dias.

 

- Paulina, quase me fazes acreditar que sim, rapariga. Que jeito danado tens tu para convencer os outros. Herdaste essa meiguice da tua mãe, bem sei, mas a ela de pouco lhe valeu, infelizmente... - respondeu Santiago, baixando os olhos e apoiando-se na bengala que trazia apenas para companhia. 

 

Era homem dos seus setenta anos. Via naquela rapariga outra que fizera parte dos seus sonhos de juventude. Bem podia ser sua filha, mas quisera o destino que Alice se embeiçasse por um viajante de pouca palavra que aparecera lá pela terra. Todos os dias, por volta das dez horas, o velho Santiago sentava-se no jardim que rodeava a igreja. Havia anos que o ritual se repetia, fizesse chuva ou sol. Ninguém compreendia e, ao início, ainda se metiam com ele por causa das raparigas. Mas, ao fim de uns meses, a brincadeira cessou, pois já todos percebiam quem o Santiago esperava. Metia dó vê-lo ali, cheio de esperança, à espera do amor que partira num lindo dia Junho atrás de ilusões.

 

- Deixe lá isso, senhor Santiago. Olhe o que lhe trago! Lembrei-me que hoje gostasse de ter companhia. Espero que o sumo seja do seu agrado. Depois, vamos comer uma malga de sopa bem quentinha. Os dias sorriem-nos, senhor Santiago! Os dias sorriem-nos!

O velho respondeu com um gole e um aceno, desejando que assim fosse, e feliz por aquela pequena, que podia ser sua filha, ficar ali a seu lado, sonhando com ele.  

 

 

INGREDIENTES

(Serve 2)

 

 1/2 beterraba cozida e fatiada

1 cenoura cortada às rodelas

1 laranja separada em gomos

1 maçã fatiada

1 c. de sopa de mel

200 ml de água (pode ser Água das Pedras) fresca

 

PREPARAÇÃO

Colocar os frutos no liquificador e adicionar o mel e a água. Mexer muito bem, utilizando a velocidade 1.

Depois de os frutos estarem reduzidos a puré, passar para velocidade 2 para a mistura ganhar uma consitência mais cremosa. Servir imediatemente.

 

 

Também se pode utilizar a beterraba crua, mas o sabor fica mais intenso.

 

Bom apetite!

Bon appétit!

Jo étvágyet!

Que bos faga bun porbeito!

{#emotions_dlg.default}

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Maçãs no forno com passas

por Paula, em 07.04.11

 

As maçãs são das minhas frutas favoritas e as reinetas ocupam o trono da minha fruteira. Tenho-as sempre que possível. Até mesmo fora de época. Assadas são uma constante na minha cozinha. Volta e meia sai do forno deste cantinho um cheiro aconchegante a canela e a maçã. A combinação perfeita!

  

Desta vez apeteceu-me juntar-lhes umas passas. Achei que o doce das passas combinaria bem com a acidez da maçã. E orgulho-me de dizer que não me enganei. Foi de comer e, aqui que ninguém nos ouve, de limpar o prato. Não fora a preguiça e o adiantado da hora e teria feito mais uma dose.

 

 

 

Ingredientes:

  • 6 maçãs reinetas (pequenas);
  • 1/2 limão;
  • 12 passas (ou a gosto);
  • Açúcar q.b.;
  • Canela moída q.b.;
  • 2 colheres de sopa de água.

 

  1. Aqueça o forno a 180.º.
  2. Descasque as maçãs, corte-as em gomos e disponha-as num tabuleiro.
  3. Regue-as com o sumo de meio limão e duas colheres de sopa de água.
  4. Polvilhe com açúcar e canela a gosto.
  5. Disponha as passas e leve ao forno durante 20 minutos ou até ficarem douradas.

 

Bon apetit!

{#emotions_dlg.beja}

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Mais sobre mim

foto do autor



Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D