Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Ervilhas com ovos escalfados

por Paula, em 11.02.15

IMG_6730.JPG

Ervilhas com ovos escalfados é um prato que me lembra bastante a infância e que representa o que gosto de chamar de "comida conforto". O cheiro que invade a cozinha, o vapor agradável que se sente quando se destapa o tacho e as cores que preenchem o olhar, são bálsamos para a alma. Tudo é conforto, alegria, mimos em forma de bolas redondas que explodem na boca despertando o paladar.

IMG_2876.JPG

  

INGREDIENTES:

500 g ervilhas congeladas

250 g de toucinho fumado, em pedaços

2 cebolas, picadas

2 dentes de alho, picados

4 tomates, sem pele e picados

Azeite q.b.

Sal e pimenta q.b.

Água q.b.

1 c. de sopa de vinagre

4 ovos

 

PREPARAÇÃO:

Num tacho, colocar o azeite e a cebola e deixar refogar ligeiramente. De seguida, juntar o alho e deixar refogar mais um pouco. Adicionar então o toucinho fumado e deixar que liberte o seu sabor. Depois, juntar o tomate ao refogado e finalmente as ervilhas. Temperar com sal e pimenta a gosto. Deixar cozinhar cerca de 20 minutos, até as ervilhas estarem tenras.

 

Aquecer água num tacho pequeno (ou num fervedor) e juntar o vinagre. Mexer bem a água com uma colher até que crie um remoinho. Nessa altura, juntar o ovo e deixar que cozinhe. Repetir a mesma operação para cada ovo.

 

No fim, servir as ervilhas com os ovos escalfados e mais um pouco de pimenta.

 

IMG_2877.JPG

 

Bom apetite!

Que bos faga bun purbeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

 

 

Junho é caracterizado pela época de ervilhas frescas, tenras e doces. É nesta altura que se encontram a ervilha-de-quebrar e a ervilha doce. Uma e outra são apenas variedades daquele legume que cresce em vagens ligeiramente alongadas. O seu grão é uma rica fonte de proteína vegetal, de cálcio, de magnésio, fósforo, vitaminas do complexo B, ácido fólico, potássio, zinco e ferro, todos nutrientes essenciais para uma alimentação saudável. Quando estão secas, devem demolhar-se para não ficarem duras.

 

Podem utilizar-se em refogados, saladas e sopas. A minha escolha recaiu, desta feita, num creme muito aveludado e saboroso com queijo e... imensa paprika! Tal conjugação resultou numa agradável surpresa, tanto para os olhos, que também comem, como para o paladar.

 

 

 

INGREDIENTES

(Serve 4)

 

1 batata doce, partida em quadrados

1 cenoura, partida em pedaços

1 cebola, partida em gomos

1 dente de alho sem casca

300 g de ervilhas frescas

Sal, pimenta q.b.

Água q.b.

1 c. de chá de paprica + um pouco para guarnecer 

200 ml de natas

Queijo de cabra (ou outro a gosto) em fatias q.b.

 

PREPARAÇÃO

Colocar os legumes lavados e partidos numa panela. Cobrir com água e temperar com sal e a paprica. Deixar cozinhar os legumes até ficarem tenros.

Triturar, com a ajuda de uma varinha mágica. Adicionar as natas e levar novamente ao lume sem deixar ferver.

Passar o creme por um coador e colocar numa terrina. Quando servir, finalizar com as fatias de queijo, pimenta moída na hora e mais um pouco de paprica.

 

 

Esta sopa fica cremosa e muito deliciosa.

 

Bom apetite!

Bon appétit!

Jo étvágyat!

Que bos faga bun porbeito!

{#emotions_dlg.default}

Autoria e outros dados (tags, etc)


Tarte de ervilha torta

por Paula, em 19.06.11

 

Esta tarte resultou da necessidade de gastar umas ervilhas tortas que a minha mãe me deu. Esta situação aliada ao facto de já não poder congelá-las e à vontade de comer algo delicioso que me garantisse o almoço do dia seguinte ditaram o seu destino.

 

 

 

INGREDIENTES:

  • 1 embalagem de massa quebrada
  • 300 g de ervilhas tortas
  • 2 cenouras
  • 100 g de bacon
  • 1 cebola média
  • azeite
  • sal
  • pimenta preta
  • 3 ovos
  • 300 ml de natas
  • 100 g de queijo de mistura ralado
  • 1 cálice de vinho branco

 

 

PREPARAÇÃO:

 

  1. Coza as ervilhas em água temperada com sal.
  2. Rale as cenouras e reserve.
  3. Escorra as ervilhas e reserve.
  4. Ligue o forno para os 180.º.
  5. Pique a cebola e refogue-a num pouco de azeite até alourar.
  6. Junte o bacon e as cenouras raladas e deixe apurar um pouco.
  7. Junte as ervilhas e tempere com um pouco de sal e pimenta preta.
  8. Deixe apurar um pouco mais e depois junte o cálice de vinho branco.
  9. Deixe evaporar o vinho.
  10. Entretanto coloque a massa quebrada numa tarteira com o papel vegetal e pique-a com um garfo.
  11. Leve ao forno por 5 minutos e retire.
  12. Bata as natas com os ovos.
  13. Coloque o preparado de ervilhas na tarteira e regue com as natas batidas.
  14. Polvilhe com o queijo ralado e leve ao forno por 30 minutos ou até o queijo dourar.

 

Esta tarte fica verdadeiramente deliciosa. Pode servi-la simples ou acompanhada de arroz branco. Eu prefiro-a acompanhada de arroz basmati.

 

Bom apetite!

{#emotions_dlg.beja}

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D