Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Sopa de chuchu e pimento

por Paula, em 26.11.15

_MG_0328.JPG

"(...) de novo uma combinação ad hoc, o jantar de duas pessoas que tinham de se arranjar com o que havia."

 

(Paul Auster, in "O livro das ilusões", Edições ASA)

_MG_0331.JPG

 

INGREDIENTES

1 fio de azeite

1 cebola, picada

2 dentes de alho, picados

2 batatas médias, cortadas em cubos

4 anchovas

2 pimentos vermelhos, cortados em cubos

4 chuchus, cortados em cubos

Sal e pimenta q.b.

Caldo de legumes, q.b.

Croutons para guarnecer

 

PREPARAÇÃO

Numa panela, deitar o azeite, a cebola e os alhos e deixar que a cebola quebre. Acrescentar as anchovas e deixar cozinhar cerca de cinco minutos. De seguida, juntar os pimentos, as batatas e os chuchus e envolver. Temperar com sal e pimenta a gosto e cobrir com o caldo de legumes (ou água se preferir).

 

Quando os legumes estiverem cozinhados, reduzir o preparado a puré com a ajuda de uma varinha mágica. Passar por coador, para que o creme fico mais aveludado.

 

Servir guarnecido com croutons e um fio de azeite.

 

_MG_0338.JPG

As anchovas conferem sabor aos chuchus que são mais neutros e, em conjunto com os pimentos, constroem os paladares desta sopa cremosa.

_MG_0339.JPG

Bom apetite!

Que bos faga bun purbeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pimentos recheados

por Paula, em 04.08.15

IMG_9959.JPG

Rola o tempo sem que se dê conta e com ele as estações do ano. Agora, é hora de comungar com os bons frutos e legumes que o Verão nos proporciona. À minha cozinha, têm chegado pimentos em quantidade suficiente para consumir de imediato, mas também para abastecer o congelador e a dispensa para os dias mais frios. E tal qual formiga, é  isto que tenho feito nestes últimos dias.

IMG_9954.JPG

Pese embora a importância de conservar os pimentos que me chegam em quantidade, também os consumo frescos. Tinha, efectivamente, outra ideia para cozinhar estes pimentos coloridos, mas ao encontrar, por mero acaso, uma receita de pimentos recheados na revista do Continente n.º 49, de Outubro de 2014, não hesitei e adaptei-a ao meu gosto e aos ingredientes que ainda repousavam na bancada da minha cozinha sem destino certo.

IMG_9954.JPG

 INGREDIENTES

4 pimentos coloridos

1 dente de alho, picado

Sal e pimenta q.b.

Azeite q.b.

Um molho (ou uma embalagem) de espinafres, arranjados

200 g de queijo feta

200 g de queijo creme

Orégãos q.b.

2 queijos mozarela

 

PREPARAÇÃO

Pré-aquecer o forno a 180.º C. Forrar um tabuleiro com papel vegetal e reservar.

 

Cortar os pimentos ao meio e retirar as sementes e as nervuras brancas. Regar com um pouco de azeite e temperar com sal, pimenta e o alho picado. Levar ao forno durante cerca de 15 minutos.

 

Entretanto, num robô de cozinha, colocar os espinafres, o queijo feta e o queijo creme e triturar até obter um creme. Temperar com um pouco de sal, pimenta, orégãos e azeite e envolver tudo muito bem.

 

De seguida, retirar os pimentos do forno e, com a ajuda de uma colher, recheá-los com o preparado de espinafres.

 

Finalmente, cortar os queijos mozarela em rodelas e dispor por cima dos pimentos recheados. Levar novamente ao forno por mais 10 minutos ou até o queijo derreter e ficar dourado.

 

Servir com arroz basmati ou com uma salada fresca.

 

Bom apetite!

Que bos faga bun purbeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)


Pasta de pimento caseira

por Paula, em 09.04.14

Pasta de pimento caseira

 

Quando a Primavera nos sorri, sabemos que em breve o Verão chega e, com ele, a produção das nossas hortas aumenta. É o tempo do tomate, da courgette, do pimento, do feijão – enfim, um rol de bons produtos.

 

A quantidade que nos chega, quando o ano agrícola é bom, é por vezes superior à que se consegue consumir em tempo útil. Por isso, encontrar formas de conservar estes alimentos para que perdurem para além da estação e para que possam aplicar-se de diferentes formas na cozinha, é algo que as nossas avós bem sabiam fazer.

 

A minha sugestão de hoje é uma pasta simples e versátil, feita com pimentos vermelhos, que a minha mãe faz todos os anos e que depois distribui pela família.

 

INGREDIENTES

Pimentos vermelhos q.b.

Alho a gosto

Orégãos (facultativo)

Louro

Óleo q.b.

Sal q.b.

 

PREPARAÇÃO

Lavar e escaldar os pimentos. Tirar a pele e as sementes. Cortar em pequenos quadrados e deixar escorrer. Depois, triturar com a ajuda de uma varinha mágica. De seguida, temperar com alho, orégãos e louro.

 

Por fim, colocar o preparado em frascos esterilizados*, juntando então o óleo e cobrindo bem com sal. Tampar bem e levar os frascos a ferver em água numa panela durante 20 minutos.

 

Guardar em local seco e fresco. Depois de abertos devem conservar-se no frigorífico.

 

Esta pasta colorida pode aplicar-se depois em carnes, massas, peixe e preparados de forno.

 

 

*Nota: Para esterilizar os frascos, costumo lavá-los previamente na máquina de lavar louça. Depois, quando os vou utilizar, coloco-os numa panela com água a ferver e deixo-os cerca de 20 minutos, retirando-os de seguida com uma pinça com pontas de borracha para que não estalem com a diferença de temperatura. Disponho-os então, de gargalo virado para baixo, em cima de um pano de algodão bem limpo, onde acabam por secar. Poder-se-á ainda, depois destes passos, levá-los ao forno durante poucos minutos para que sequem bem, mas é facultativo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Fritatta de peixe e pimentos

por Paula, em 25.03.14

Fritatta de peixe e pimentos

 

O que fazer quando no frigorífico ficam as sobras da refeição anterior? Dependendo dos alimentos, da forma como foram cozinhados e da quantidade poderá revelar-se difícil dar-lhes destino. Uma fritatta pode ser um bom compromisso entre uma refeição completa e a renovação de sobras.

 

Fritatta de pimentos e peixe

 

INGREDIENTES

 

8 ovos

1/2 molho de salsa, picada

1 posta de peixe cozido, limpa de pele e espinhas

4 batatas cozidas, cortadas em círculos

2 cebolas pequenas, cortadas em meias luas

1/2 pimento, cortado em juliana

Raspa de meio limão

1 c. de sopa de azeite

Sal e pimenta a gosto

Noz-moscada a gosto

 

PREPARAÇÃO

 

Ligar o grelhador do forno a 180ºC.

 

Bater os ovos e temperar com sal e pimenta a gosto. Juntar a salsa e envolver. Reservar.

 

Numa sertã, deitar o azeite e a cebola e deixar refogar um pouco. Juntar o pimento e deixar que cozinhe um pouco para soltar o seu sabor.

 

Adicionar o peixe, as batatas, a raspa do limão e a noz-moscada, envolvendo tudo.

 

De seguida, cobrir o preparado com os ovos e deixar cozinhar cerca de dois a três minutos. Finalizar a cozedura levando o preparado ao forno por cerca de 10 minutos ou até ficar dourado.

 

Servir com salada verde e um pouco de malagueta finamente cortada para obter um prato colorido com um toque picante.

 

Bom apetite!

Bon appétit!

Jo étvágyat!

Que bos faga bun porbeito!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D