Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Peixe-espada em papelote

por Paula, em 29.01.15

_MG_8593.JPG

(...)

Do alto mar chega o pregão que se alastra

Têm ondas no andar quando embalam a canastra

Minha varina que chinelas por Lisboa

Em cada esquina é o mar que se apregoa

 

Nas escadinhas dás mais cor aos azulejos

Quando apregoas sardinhas que me sabem como beijos

Os teus pregões são iguais à claridade

Caldeirada de canções que se entorna na cidade

 

Cordões ao peito de uma luta que é honrada

Que só dá jeito com a cabeça levantada

De perna nua, com provocante altivez

Descobrindo o mar da rua que, esse sim, é português

 

São as varinas dos poemas do Cesário

A vender a ferramenta do mar que é o operário

(...)

Os teus pregões nunca mais ganham idade.

Versos frescos de Camões com salada de saudade.

 

(Letra do «Fado Varina», cantado pelo grande fadista Carlos do Carmo)

 

IMG_8516.JPG

INGREDIENTES

1 Peixe-espada, cortado em postas

4 Batatas-doces

1 Couve tah tsai*

300 g de tomate-cereja, cortado em quartos

250 g de camarão, descascado

Sal e pimenta a gosto

Azeite q.b.

 

 

PREPARAÇÃO

Aquecer o forno a 180.ºC.

 

Descascar as batatas-doces e laminar finamente com a ajuda da mandolina. Reservar.

 

Cortar papel vegetal suficiente para cobrir o peixe-espada. Em cada folha de papel vegetal, dispor batata-doce, seguida de folhas (e caule) de couve tah tsai, depois cobrir com o peixe-espada. Colocar tomate-cereja em volta da torre de batata e peixe e finalizar com camarões.

 

Temperar com sal e pimenta. Regar com um fio de azeite.

 

Fechar os papelotes em cima, juntando as duas pontas da folha e dobrando duas vezes. Com fio de cozinha, fechar os lados como em forma de rebuçado.

 

Colocar num tabuleiro e levar ao forno cerca de 25 a 30 minutos.

IMG_8517.JPG

*Nota: a couve tah tsai encontra-se à venda nas lojas de produtos biológicos.

 

Bom apetite!

Que bos faga bun purbeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Margarida a 29.01.2015 às 09:58

Gostei!
Adoro o peixe cozinhado em papelotes, confere-lhe um sabor magnífico.
Este está apetecível.
Imagem de perfil

De Paula a 29.01.2015 às 10:10

Viva, Margarida!

Obrigada!

De facto o peixe cozinhado em papelotes fica muito apetitoso. Ao ser cozinhado com vapor dos seus próprios sucos, as suas propriedades e o seu sabor não se perdem.

Beijinhos.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D