Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




 

IMG_8296.JPG

Os dias correm frios, não deixando o Inverno a sua identidade por mãos alheias. Solta-se o vento norte, varrendo as ruas na sua viagem nocturna, acompanhado da fria geada. Um par tão infalível quanto a estação que os acolhe!

 

Nesta cordilheira de dias frios, ressoa o clamor pela lareira e pelos pratos quentes, divididos entre família e amigos. Nada mais se deseja do que o simples e caloroso convívio em torno da mesa, com aqueles de quem gostamos.

IMG_2939.jpg

INGREDIENTES:

2 embalagens de massa quebrada

1 kg de maçãs

1 limão

1 morcela

1 cebola, picada

3 c. de sopa de azeite

Óleo q.b.

250 ml de vinho do Porto branco

3 c. de sopa de mel (rosmaninho)

2 cravinhos

2 c. de sopa de manteiga

Canela moída q.b.

Noz-moscada (ralada na hora) q.b.

 

PREPARAÇÃO:

Ligar o forno a 180.º .

 

Untar um tabuleiro de formas para empadas (ou formas individuais) com um pouco de óleo (com a ajuda de papel de cozinha, para não deixar óleo a mais).

 

Cortar metade da quantidade de maçãs em pequenos cubos e regar com sumo de limão para não oxidar. De seguida, colocar o azeite numa caçarola, juntar a cebola e deixar refogar cerca de 10 minutos. Se necessário ir adicionando colheres de sopa de água para não deixar queimar.

 

Entretanto, retirar a tripa da morcela e, com ajuda de um garfo, desfazê-la. Reservar.

 

Adicionar as maçãs cortadas em cubos à cebola e deixar cozinhar cerca de 5 minutos.

 

É então altura de adicionar a morcela. Deixar cozinhar cerca de 3 minutos e envolver bem no preparado. Reservar.

 

Cortar a massa com um cortador circular (uma chávena também serve) com duas medidas diferentes: uma para a base e outra para a tampa da empada. Dispor as bases no tabuleiro das formas e rechear com o preparado da morcela. De seguida, colocar a tampa e fechar, pressionando a massa (pode utilizar um ovo batido e pincelar, para ser mais fácil). Levar ao forno cerca de 15 a 20 minutos, até a massa ficar cozida.

 

Cortar as restantes maçãs em rodelas e regar com sumo de limão. Numa sertã, colocar a manteiga. Quando esta tiver derretido, adicionar as maçãs e polvilhar com canela e noz-moscada a gosto. Saltear durante dois a três minutos.

 

Finalmente, preparar a calda. Para o efeito, levar um tacho ao lume com o vinho do Porto, o mel e o cravinho. Deixar levantar fervura e engrossar ligeiramente. Deixar arrefecer um pouco antes de servir com as empadas, rodeadas das fatias de maçãs e regadas com esta maravilhosa calda.

IMG_2938.jpg

O sabor da maçã torna a o gosto da morcela mais leve. Quando regada com a calda, eleva-se então a outro patamar onde o paladar descobre sabores leves e simultaneamente ricos. É uma entrada que resulta muito bem e que cria alguma expectativa quanto ao resto dos elementos que comporão a eventual ementa.

IMG_2941.jpg

 

Bom apetite!

Que bos faga bun purbeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D