Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Chutney de figos

por Paula, em 11.04.14

Chutney de figos

 

Ainda em sintonia com as conservas, trago uma sugestão para se aproveitarem os maravilhosos e frágeis figos que o Verão nos traz. Desta feita, não se trata de uma receita tirada da boa e tradicional cozinha portuguesa, mas antes de uma inspiração das terras de Sua Majestade the Queen of England.

 

Os chutneys são preparados que combinam legumes, frutas frescas, frutos secos e especiarias. São cozinhados lenta e demoradamente até adquirirem uma consistência espessa e brilhante.

 

Ideais para acompanhar carnes frias e queijos, requerem do cozinheiro a sábia paciência até à primeira prova. De facto, desde que são cozinhados até à hora de se revelarem, devem passar cerca de dois meses. Só desta forma o sabor se revelará na sua plenitude. Se provados mais cedo, poder-se-á ter uma experiência desagradável, na medida em que o sabor não está ainda apurado. Por isso, é uma boa opção fazê-los com frutos do Verão e servi-los perto do Natal. Constituirão, certamente, uma boa surpresa na mesa natalícia.

 

Chutney de figos

 

INGREDIENTES

1 kg de figos, cortados em quartos

350g de maçãs, descaroçadas e cortadas em quartos

250g de cebola, cortada em fatias finas

125g de passas

300g de açúcar amarelo

1 c. de chá de sal

1 c. de chá de pimenta

1 c. de chá de canela

1 c. de coentros moídos

1 malagueta seca

1 c. de chá de sementes de funcho

600 ml de vinagre de sidra

 

PREPARAÇÃO

Deitar todos os ingredientes numa panela com fundo reforçado e deixar levantar fervura, mexendo até o açúcar dissolver.

 

Baixar o lume e deixar cozinhar durante cerca de 2 horas, tendo o cuidado de ir mexendo de vez em quando e mais amiúde para o final da cozedura para que não queime.

 

Para verificar se o chutney está pronto, passar a colher de pau no fundo da panela e se esta deixar marca, poderá desligar-se o fogão. Verificar se necessita de mais sal e ajustar, se necessário.

 

Colocar o preparado em frascos esterilizados, vedar bem e dispô-los sobre um pano de algodão, virados com a tampa para baixo, para que ganhem vácuo.

 

Bom apetite!

Bon appétit!

Jo étvágyat!

Que bos faga bun porbeito!

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De susana a 11.04.2014 às 11:59

Uma boa partilha, obrigada.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D