Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




 

Budapeste: Ponte Francisco José ou Ponte da Liberdade

Budapeste: Ponte Francisco José ou Ponte da Liberdade

 

A Etelka

Viste, meu anjo, o Danúbio,

e uma ilha no centro?

Assim guardo a tua imagem

no coração, aqui dentro.

 

A verde fronda da ilha

nas águas mergulha; ah, se,

no meu coração, assim

verde esperança mergulhasses!

 

Petöfi Sándor

Buda, Dezembro de 1844

 

Budapeste: estátua do poeta Petöfi Sándor

Fonte: "Antologia da Poesia Húngara"

Seleção e tradução de Ernesto Rodrigues

Âncora Editora, 2002

 

Budapeste... e a comida húngara foram uma revelação para mim. De lá e daqui, parti à descoberta de uma realidade tão nova quanto desconhecida. A gastronomia, a música, a poesia, os romances e a língua têm tido, desde então, e graças a amigos que me vão presenteando com livros, uma presença assídua nos meus dias.

 

Este é um prato que provei durante a minha viagem e que reproduzi, a partir do livro de György Hargitai, Hungarian Cuisine, quando regressei a Lisboa, em que a carne de porco é o ingrediente principal. Tal como os portugueses, os húngaros também têm o "culto" desta carne. Na cozinha magiar encontramos sem dificuldade pratos só de enchidos que lembram o nosso cozido à portuguesa, como o Disznótoros que significa jantar do dia da matança.

 

Couve recheada à Bácska

Gastronomia húngara - stuffed cabbageGastronomia húngara - stuffed cabbage

 

Ingredientes:

1 couve lombarda pequena

 

Para o recheio:

400 g de carne de porco picada (da pá)

1 ovo

5 colheres de sopa de arroz cozido

1/4 de colher de chá de pimenta preta moída

1/2 colher de chá de paprika

1 dente de alho esmagado

 

Para a couve restante ou base:

85 g de toucinho entremeado

1 cebola grande

1 colher de chá de paprika

1 pimento verde húngaro

1 tomate (polpa)

1 colher de chá de sal

2 dentes de alho

1/2 colher de chá de pimenta preta moída

1/4 de chávena de créme fraiche

1 colher de sopa de farinha (pode ser maizena)

1 ramo de endro

Segurelha (facultativo)

 

Preparação:

1. Arranje a couve, retirando o caule e lave-a. Separe 8 folhas e escalde-as por uns instantes em água a ferver. Se ainda ficarem quebradiças, repita a operação por mais 8-10 minutos, tendo o cuidado de as retirar à medida que vão ficando macias. Seque-as.

2. Corte a restante couve em pedaços grandes e reserve.

3. Misture a carne com os restantes ingredientes para o recheio e envolva nas folhas de couve. Dobre primeiro os lados para dentro e depois a ponta inferior e superior. Se necessário prenda com o palito que deverá retirar antes de servir.

4. Corte o toucinho em pequenos cubos e leve a derreter num tacho. Junte a cebola e o alho picados e deixe alourar. Adicione a paprika e logo de seguida junte três copos de água.

5. Retire as sementes do pimento e do tomate e corte-os em pequenos cubos. Junte-os ao refogado, juntamente com a couve reservada. Tempere com sal, pimenta e junte também o alho.

6. Coloque as folhas da couve recheadas no cimo e deixe ferver. Reduza o lume e deixe cozinhar meio tapado por 50 minutos aproximadamente. Vá sacudindo o tacho com cuidado para a couve cortada não pegar ao fundo do tacho e para que as folhas recheadas colocadas no topo do preparado não partam. Sempre que necessário, junte mais um pouco de água.

7. Quando estiver pronto, retire as folhas recheadas com cuidado.

8. Misture a farinha e o créme fraiche até obter um creme fofo. Junte ao preparado anterior e deixe cozinhar por 2-3 minutos.

9. Salpique com o endro, podendo ainda adicionar segurelha para um sabor mais apurado.

10. Guarneça com salsicha de churrasco ou para cachorro quente, uns pés de endro e mais um puco de créme fraiche.

 

Gastronomia húngara - Stuffed Cabbage

 

Este prato fica delicioso. E no inverno transporta com ele o conforto. Gosto desta palavra. Talvez seja por isso que a utilizo tantas vezes para adjetivar alguns pratos que vou confecionando.

 

Apesar de não ser um prato original, é com ele com que participo no "1.º Desafio Culinário dos Blogs do Sapo" que está a decorrer no Bairro.

 

Bom apetite!

Bon appétit!

Jó étvágyat!

{#emotions_dlg.beja}

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Susana Gomes (Gasparzinha) a 20.02.2012 às 18:40

Pela Europa fora encontramos versões destes embrulhinhos de couve de que eu tanto gosto.
Com o molho, é um petisco!
:) Bjs
Imagem de perfil

De Paula a 20.02.2012 às 22:06

Olá, Susana! :)

É verdade. E ficam realmente uma delícia com o molho. :)

Na Hungria, este recheio também é usado para rechear os pimentos, mas o molho é diferente. É uma gastronomia gulosa. :))

Beijinhos.
Imagem de perfil

De Ameixinha a 01.03.2012 às 18:00

Viagens e comida são duas coisas que alimentam. Neste caso, deram água na boca :)
Imagem de perfil

De Paula a 05.03.2012 às 10:04

Olá, Ameixinha! :)

É verdade. São ambas bastante revigorantes.

Muito obrigada! :D

Beijinhos,

Paula

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D