Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





A minha empada de... coelho

por Paula, em 08.02.11

Ao fim-de-semana tenho o hábito de deixar alguns pratos cozinhados para consumir durante a semana porque me facilita a vida doméstica, uma vez que levo sempre o almoço de casa. Para além disso, é nestes dias que tento utilizar mais o forno por forma a poupar energia, utilizando-o para fazer várias coisas para guardar. Há redução no consumo de energia porque não aqueço o forno várias vezes, mas apenas uma.

Este fim-de-semana descongelei um coelho (dos que são criados à moda antiga, com muita verdura), mas não queria fazê-lo como habitualmente. Apetecia-me algo reconfortante e delicioso. Por isso, decidi fazer uma empada gigante.

Eis, pois, a minha receita de empada de coelho:

 

 

 

INGREDIENTES:

  • 1 coelho
  • 1 ramo de carqueja (sem a flôr)
  • 1 colher de chá de coentros em pó
  • 2 cebolas
  • 2 dentes de alho
  • 2 cenouras
  • 1 molho de espinafres (ou uma embalagem de espinafres congelados)
  • 2 embalagens de massa folhada (utilizei do Pingo Doce)
  • Azeite q.b.
  • Margarina q.b.
  • Sal q.b.
  • Flôr de sal q.b.
  • Pimenta preta
  • 1 colher de chá de pasta de tomate caseira *(opcional)
  • 1 ovo (opcional)
  • 1 cálice de vinho branco

* Esta pasta é uma conserva de tomate caseira, feita com alho, azeite e bastante sal. Logo que possível deixarei aqui a receita.

 

PREPARAÇÃO:

  1. Coloque o coelho, uma cebola, um dente de alho inteiro, sal, pimenta, os coentros em pó e o ramo de carqueja numa panela e cubra com água, deixando-o cozer.
  2. Arranje os espinafres e coza-os temperados com sal.
  3. Depois de o coelho estar cozido, retire-o da panela e deixe-o arrefecer um pouco.
  4. Ligue o forno para os 180.º, na modalidade para bolos.
  5. Desfie o coelho.
  6. Num tacho, coloque o azeite, a margarina, a cebola cortada grosseiramente em meias luas, o outro dente de alho partido e deixe alourar.
  7. Junte as cenouras raladas e deixe-as cozinhar um pouco.
  8. Junte o coelho já desfiado, tempere com flôr de sal e com a pasta de tomate caseira*, se tiver, e deixe apurar um pouco mais.
  9. Regue com o vinho branco e deixe evaporar.
  10. Finalmente, junte os espinafres já cozidos e escorridos.
  11. Numa tarteira forrada com papel vegetal, coloque a massa folhada.
  12. Preencha com o recheio, cubra com a segunda massa folhada e feche.
  13. Bata o ovo e pincele a massa por cima (opcional).
  14. Leve ao forno por 30 minutos aproximadamente ou até a massa estar dourada.

Esta tarte fica leve e deliciosa e pode ser servida fria, constituindo uma boa opção para levar para um almoço no trabalho, ou assim que se tire do forno.

  

 

Bon apetit!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Mais sobre mim

foto do autor




Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D